Rio Caí

Por Rafael.

rio caí

Segundo algumas fontes, a palavra Caí, que denomina esse importante rio gaúcho, vem do guarani, Ka’a (Mata) e Y (rio). Ou seja, rio da mata, ou rio da floresta. Ainda que tenha essa suposta origem guarani no nome, esse rio, que está entre os mais poluídos do Brasil, tem uma forte ligação com outro povo indígena do sul do Brasil, o povo kaingang. Isso porque sua nascente se encontra no antigo território de domínio desse povo do tronco linguístico macro-jê, o planalto sul-rio grandense.

Rio Gravataí

Nascendo no município de São Francisco de Paula, ele percorre cerca de 250 km até desaguar no lago Guaíba, em Porto Alegre. Nesse caminho, ele recebe pesadas cargas de esgoto sem tratamento e de agrotóxico, das lavouras em locais de preservação ambiental. Mas, antes do rio receber esse tratamento agressivo, foi no seu vale que chegaram os primeiros colonos alemães, no início do século XIX. Inciando-se, assim, um duradouro conflito entre kaingangs e o projeto colonial, que durou até o final desse mesmo século.

Rio Jacuí

Esse conflito gerou muitas histórias, uma delas é a história do chamado Luis Bugre, um kaingang criado entre os colonos alemães, que será protagonista daquilo que ficou conhecido como a tragédia da família Versteg, uma família de imigrantes alemães que foi sequestrada por kaingangs, em meados do século XIX. Essa história é muito interessante e merece ser pesquisada.

Deixo, com vocês, algumas referências.

De Coroados a Kaingangs (dissertação de mestrado)

As Vítimas do Bugre.

http://www.betaredacao.com.br/rio-cai-pode-morrer-em-uma-decada/

http://historiasvalecai.blogspot.com/2011/11/1260-rio-cai-nascentes-e-curso-superior.html