Sepé Tiaraju

Por Rafael.

sepé tiaraju

Uma das páginas da HQ.

Muitos conhecem a história do cacique guarani Sepé Tiaraju. Aqui no blog ele foi citado em uma postagem. Recentemente, descobri uma publicação da Câmara dos Deputados de Brasília, do ano de 2010, homenageando essa figura que agora se encontra no “Panteão dos Heróis da Pátria”, por iniciativa do então deputado federal, Marco Maia, do PT.

Não sei, exatamente, que “pátria” Sepé teria defendido. Acredito que não uma que escraviza negros e índios. Porém, a publicação comemorativa da ocasião, lançada pela Câmara, é uma História em Quadrinhos de autoria de Luiz Gatto (roteiro) e Plínio Quartim (arte), muito instrutiva e pronta para ser usada em escolas como base para um debate. A história exagera um pouco na questão da harmonia entre jesuítas e guaranis, como se os últimos tivessem aderido “naturalmente” ao cristianismo, mas a obra não perde importância. Pode ser baixada no seguinte link.

Artigos relacionados:

Flavio Colin: O Brasil em quadrinhos

Povos Indígenas em Quadrinhos

Quadrinhos e mitos populares – A Liga dos Pampas

Os Índios de André Toral

Fantástico colonial

Investigação Colonial

As Missões nos Quadrinhos

ÊXODO – Página 10

Página de quadrinhos

Os bandeirantes são pegos de surpresa.

Os bandeirantes

Bandeirantes

Considerados como heróis, principalmente no estado de São Paulo, os bandeirantes representaram o principal flagelo para os povos indígenas. Desbravando o interior do Brasil atrás de escravos, eles mataram, estupraram, roubaram, incendiaram aldeias e voltavam para São Paulo com seus espólios. Foram eles que destruíram a redução de Guaíra e outras. Foram escolhidos como os inimigos de Eva na nossa série. Leia a página 4 aqui.